Quem tem uma pessoa de idade em casa, precisa saber a melhor forma de tratá-la, já que possuem cuidados mais específicos.

Dentre eles, é necessário saber como hidratar um idoso desidratado, uma vez que eles possuem essa necessidade.

A desidratação pode afetar pessoas de qualquer idade, no entanto, em idosos, esse problema tende a ser um pouco mais perigoso.

Isso acontece devido ao fato de pessoas com mais de 65 anos de idade terem certas particularidades que podem aumentar a perda de líquidos.

Então, como a desidratação em idosos tende a ser mais perigosa, é vital saber como evitar esse tipo de problema. É sobre isso que iremos falar no decorrer deste artigo.

Como hidratar um idoso desidratado
Como hidratar um idoso desidratado

Por que os idosos se desidratam com mais facilidade?

Isotônico Jungle Orgânico Morango e Limão 500ml
  • Isotônico para praticantes de atividade física que auxilia na nutrição e hidratação em atividades de longa duração.
  • 500Mililitros
  • Lungo
  • Mixer Manual 19, 8 cm Preto Haüskraft
  • Nome do modelo: Isotônico Orgânico

Os idosos costumam sentir com muito mais facilidade as variações de temperatura. É por essa razão que costumam ter calor ou frio em excesso.

A razão disso é porque, com o tempo, a pele se torna mais fina, permitindo perda maior de líquidos. Por consequência desse desequilíbrio da temperatura corporal, a sensibilidade dos receptores que controlam a sede se alteram.

Tudo isso contribui para que, ao perder líquidos e ingerir menos água, os idosos se tornem mais propensos à desidratação.

No entanto, esses não são os únicos fatores que contribuem para essa condição. Há alguns medicamentos que fazem com que os idosos percam mais líquidos, em especial os que são diuréticos.

Segundo o Ministério da Saúde, a desidratação é capaz de ocasionar em sérios problemas à saúde, desde pedras nos rins, perda da função cognitiva ou tonturas.

Dicas de como hidratar um idoso desidratado

Gatorade – Isotônico Limão, Garrafa 500ml
  • Saboroso
  • Refrescante
  • Pronto para beber
  • Informação alérgica: não contém glúten

Como já mencionado, a desidratação pode ocasionar em alguns problemas de saúde. Mas, sabendo que os idosos não sentem tanta vontade de beber água, como lidar com essa situação?

Nesses casos, há algumas dicas de como hidratar um idoso desidratado, incentivando-o a beber água sempre ao longo do dia.

Uma delas é deixar sempre uma garrafinha de água próximo da pessoa idosa já que, dessa forma, o indivíduo irá se lembrar de tomar o líquido.

Ainda que ele tome poucas quantidades, mas de forma constante, isso já pode ser o suficiente para evitar a desidratação.

Outra dica é experimentar oferecer líquidos com diferentes temperaturas, já que o idoso pode preferir bebidas mais quentes a frias e vice-versa.

Colocar gelo caseiro em sucos de frutas ou em água também podem ajudar a proteger ou amenizar o calor, tornando mais fácil para que o idoso se mantenha hidratado.

Outra excelente maneira de como hidratar um idoso desidratado é através de milk-shakes, smoothies ou bebidas energéticas.

Mas, nesse caso, é ideal ficar atento em relação a qualquer problema de saúde que o idoso tenha. Por isso, pode ser necessário consultar um médico ou nutricionista.

Afinal, é importante não dar bebidas que são ricas em sódio para alguém que tenha pressão alta. Ademais, também não é prudente oferecer bebidas com alto teor de açúcar para quem é diabético.

A desidratação é um problema em que a família pode tratar não apenas fazendo com que o idoso tome quantidades de água adequadas.

Afinal de contas, há outros tipos de bebidas e até alimentos que podem ajudar a combater a desidratação.

Quais são as causas da desidratação?

Sudract Hydramaxi Isotônico Em Pó – 25 Sachês 20G Limão – Nutrition
  • Como preparar: diluir 20g (uma colher de sopa) do produto em 500ml de água gelada, mexer até que o produto se dissolva e estará pronto para o consumo; indicados para adultos praticantes de atividad
  • Repõe os eletrólitos perdidos no suor; – evita câimbras e desidratação; – melhor desempenho; – baixa caloria
  • Sacarose, ácido cítrico, cloreto de sódio, fosfato monopotássico, fosfato tricálcico, citrato de sódio, aroma idêntico ao natural limão, ciclamato de sódio, ácido ascórbico, dióxido de titânio e sucra
  • Fabricado com muito cuidado e atenção aos detalhes

O nosso corpo elimina, naturalmente, sais minerais e água o tempo todo. Isso acontece através da urina, fezes, respiração, suor, lágrima etc.

Tudo isso pode contribuir para a desidratação, ainda mais quando o indivíduo não repõe a água que perdeu da forma adequada.

No entanto, isso apenas ocorre nas vezes em que a ingestão de líquido não é o suficiente para poder repor o líquido que se perdeu.

Além disso, a desidratação também pode ocorrer devido a quadros de vômitos, febre e diarreia. No entanto, em idosos, pode ocorrer nos dias de muito calor, quando há transpiração excessiva.

Também é interessante dizer que os portadores de diabetes são mais propensos a ter desidratação, haja vista que a doença aumenta o número de idas ao banheiro, que acarreta no descontrole no uso de diuréticos.

A desidratação em idosos pode ser classificada de acordo com o grau de gravidade: leve, moderada e grave, sendo que os quadros mais severos podem levar até à morte.

Quais são os sinais de desidratação em idosos?

Há alguns sintomas de desidratação que podem indicar que a pessoa idosa precisa de alguns cuidados mais intensos.

No geral, os sintomas de desidratação em idosos costumam ser os mesmos que em pessoas jovens ou adultas.

A grande diferença é que os idosos costumam ter os sintomas com muito mais intensidade. Fora isso, eles costumam ter mais dificuldade para relatar os sintomas.

Sendo assim, é preciso ficar atento aos seguintes sinais:

  • Analise se o comportamento da pessoa muda de forma brusca, bem como o seu humor;
  • Averigue se a pessoa idosa está indo ao banheiro com a frequência esperada;
  • Fique atento em alterações na frequência de sono ou se o idoso apresenta mais sonolência que o normal;
  • Monitore a pressão arterial para ver se há alguma irregularidade. A queda de pressão também pode ser um indício;
  • Fique atento em relação às mucosas e aparência geral da pele. Caso esteja desidratada, pode ser um sinal.

É muito importante ficar atento a esses sinais, haja vista que a pessoa idosa é muito mais vulnerável e pode se desidratar com maior facilidade.

Tenha em mente também que a desidratação nem sempre está ligada ao fato de ingerir pouco líquido.

Afinal de contas, há vezes em que a pessoa bebe água dentro do que se considera comum. Mas, por ter condições frágeis, pode favorecer esse quadro.

Além disso, o uso de medicamentos pode induzir o usuário a usar o banheiro mais vezes. Dessa forma, irá liberar um volume maior de líquido todos os dias.

Em pessoas idosas, a desidratação ainda pode ocasionar em maior risco de infecções no trato urinário, quedas, doenças dentais, pedras nos rins, constipação, pedras nos rins, perda da função cognitiva etc.

Perguntas frequentes

Para aprender melhor sobre como hidratar um idoso desidratado, não basta ter algumas dicas. Também é necessário obter clareza a respeito de todos os questionamentos.

Por isso, é interessante ter a resposta para algumas das perguntas frequentes do tema. Iremos respondê-las a seguir.

O que fazer quando um idoso está desidratado?

Deve-se tentar repor o líquido que foi perdido, através da ingestão de água ou demais alimentos que sejam capazes de atender essa necessidade, como gelatina e algumas frutas.

Como saber se o idoso está desidratado?

Alguns dos sintomas que podem indicar que o idoso está hidratado, são os seguintes:

  1. Boca seca;
  2. Batimentos cardíacos acelerados;
  3. Câimbras;
  4. Menor elasticidade na pele;
  5. Menor quantidade de urina.

Pode dar soro para idoso?

Hidraton Isotônico 1Kg Sabor Limão Bodyaction
  • Carboidratos de alta qualidade
  • Mais energia e resistência
  • Rápido e prático de consumir

Sim, pode dar soro para idoso, em especial se ele passou por episódios de vômito ou diarreia, que é quando há bastante perda de eletrólitos e água.

Nesses casos, é ideal ingerir bebidas que tenham eletrólitos, como o soro caseiro e bebidas esportivas que sejam ricas em sais minerais.

O que fazer quando o idoso não quer tomar água?

Nesse caso, procure estimulá-lo a tomar água oferecendo alguns estímulos, como oferecer água saborizada, copos mais chamativos ou bebidas que sejam do gosto do idoso.

Outra forma de mantê-lo hidratado, mesmo sem beber água, é através de frutas como o melão, melancia, laranja etc.

Avatar de Cristina Leroy Silva

Formada em letras pela UNICURITIBA, Cristina Leroy começou trabalhando na biblioteca da faculdade como uma das estagiárias sênior. Trabalhou como revisora numa grande editora em São Paulo, onde cuidava da parte de curadoria de obras que seriam traduzidas/escritas. A 4 Anos decidiu largar e se dedicar a escrever em seu blog e sites especializados.